Geral

Em entrevista gravada antes de morrer, Mc Daleste conta dificuldades que enfrentou na infância

12 de Julho de 2013 - Bahia no ar

Morto durante show em Campinas, funkeiro falou sobre o início da carreira na Zona Leste de São Paulo.

Mc Daleste foi morto aos 20 anos durante show.

Daniel Pedreira Senna Pellegrine, conhecido como Mc Daleste, morto aos 20 anos durante um show em Campinas, em São Paulo, contou toda a sua história de vida em entrevista a um canal de funk antes de morrer. O jovem falou sobre as dificuldades que passou na infância e como iniciou a carreira.

Apesar das suas letras falarem sobre a ostentação, Daleste teve uma vida de privações quando era criança. Na sua primeira música, o funkeiro revela que até completar 13 anos morava em uma casa de madeira que não tinha banheiro e muitas vezes não tinha o que comer. A situação da família melhorou depois que a irmã mais velha concluiu a faculdade. Inclusive, Daleste revela na entrevista que foi ela quem pagou a reforma do imóvel. O irmão que também é funkeiro, conhecido como Mc Pet Mf, é ex-presidiário e costumava passar o tempo compondo algumas músicas na prisão.

Na entrevista, ele fala sobre o início de namoro com a esposa, Érica, com quem era casado há 5 anos e que ele conheceu na Escola Municipal Edgard Cavalheiro, na Zona Leste de São Paulo. Daleste conta ainda que era um aluno indisciplinado, quase foi expulso do colégio e que costumava aprontar no início do namoro. Mas, apaixonado, ele explica como surgiu a inspiração para fazer a música "Verdadeira namorada" para a mulher.

As primeiras músicas foram feitas com o amigo MC Chaveirinho em cima da laje. As suas letras no início da carreira falavam sobre a realidade de quem vive na periferia e sobre os problemas enfrentados na infância. Depois, passou a fazer composições inspiradas na ostentação de carros e roupas de grife.

Crime

O crime aconteceu na noite do último sábado (6), quando começava um show no bairro Vila San Martin, em Campinas, no interior de São Paulo. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Paulínia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

*Por Laís Menezes

Confira a entrevista:

Comentários

Outras Notícias

[Mulher é morta a facadas em Simões Filho]
Cidades

Mulher é morta a facadas em Simões Filho

16 de Dezembro de 2017

Uma mulher identificada como Maria de Fátima dos Santos, de 35 anos foi morta a golpes de faca.

[Decoração Natalina de Simões Filho encanta população]
Cidades

Decoração Natalina de Simões Filho encanta população

16 de Dezembro de 2017

A programação encerra no dia 23 com as apresentações da Orquestra Sinfônica e do Coral Natal Sinfônico.

[Após reforma CAPS II Orla será entregue nesta segunda-feira (18)]
Saúde

Após reforma CAPS II Orla será entregue nesta segunda-feira (18)

16 de Dezembro de 2017

O CAPS Orla faz assistência aos pacientes adultos portadores de transtornos mentais graves. São 1.300 usuários matriculados e 600 ativos mensalmente.

[Cidadãos camaçarienses foram homenageados na Câmara nesta sexta (15)]
Cidades

Cidadãos camaçarienses foram homenageados na Câmara nesta sexta (15)

16 de Dezembro de 2017

A Sessão começou com a entrega do Prêmio Camaçari da Inclusão, que se destina a pessoas dedicadas à inclusão de deficientes, que prestam serviços sociais relevantes à comunidade.

[Cigarros virão com novos avisos mais explícitos]
Saúde

Cigarros virão com novos avisos mais explícitos

16 de Dezembro de 2017

As mudanças entram em vigor em 25 de maio de 2018, mas as empresas que quiserem, poderão se adequar antes deste prazo.

[Corpo carbonizado é encontrado em saco plástico ao lado de motocicleta no CIA]
Policial

Corpo carbonizado é encontrado em saco plástico ao lado de motocicleta no CIA

16 de Dezembro de 2017

Este é o segundo homicídio dessa natureza e com aspectos semelhantes registrado na via que fica próxima Santo Antônio Rio da Pedras

Rádio

Acessar rádio

Categorias