‘A gente conversa com o povo e vê o que o povo quer’, diz Márcio Victor sobre carnaval na Quarta de Cinzas

Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (13) o cantor Márcio Victor decidiu se pronunciar sobre o projeto de lei que quer acabar com o “arrastão” da Quarta-Feira de Cinzas. Nas palavras do artista, “se o povo quiser, a gente vai ter que manter”.

Márcio Victor também questionou o motivo religioso utilizado durante aprovação do projeto.

“Por que acabar? Se o país da gente é um estado laico, onde respeitamos todas as religiões?”, alegou.

Para completar, o cantor pontuou que, em sua visão, existem outros assuntos mais urgentes para os parlamentares e baianos se preocuparem.

“Tem questões mais importantes para se preocupar. Saneamento básico, cultura, não pode ter corte na cultura, nem aos professores. A gente deve se preocupar com esses assuntos. Sobre o Carnaval, a gente conversa com o povo e vê o que o povo quer”, declarou.

O projeto de lei foi aprovado na quinta-feira (12), pela Câmara dos Vereadores de Salvador, defende que a festa não deve mais acontecer na Quarta-Feira de Cinzas, devido ao dia marcar o início da Quaresma, período que antecede o calendário cristão.

Nesta sexta-feira (13) o prefeito de Salvador, ACM Neto, assegurou que vai analisar o projeto nos próximos 15 dias, desconsiderando o argumento religioso.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*