Após precisar mediar um conflito que ele próprio criou entre a população e o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou em discurso que estar em sua pele não tem sido fácil. Na ocasião, ele disse que trocaria de lugar com quem se dispusesse a atender as expectativas do cargo de chefe do Executivo.

“A vida do presidente não é fácil. Se alguém quiser trocar comigo, troco agora”, ele disse aos risos, durante a Expointer, feira agropecuária realizada no Rio Grande do Sul, no último sábado (11). Bolsonaro também ressaltou que vê a presidência como uma missão de Deus para redirecionar o Brasil.

Depois dos atos de 7 de Setembro, onde inflamou seus seguidores contra o ministro Alexandre de Moraes, o presidente da República se reuniu com o magistrado e também divulgou uma carta recuando do discurso golpista. Muitos de seus apoiadores lamentaram a postura, se mostrando decepcionados.

No discurso de ontem, Jair Bolsonaro voltou a pregar o respeito às instituições. “Não podemos fazer as coisas na velocidade que muitos querem, mas a gente vai aos poucos redirecionando o futuro do nosso país. Temos Três poderes, têm que ser respeitados e buscar sempre a melhor maneira de nos entendermos para que o produto do nosso trabalho seja estendido aos seus 210 milhões de habitantes”, destacou.

0 0 votos
Article Rating