Acusados de matar Marielle Franco depõem pela 1ª vez à Justiça

Os dois foram presos em março, depois de um ano de investigações.

Foto: Divulgação

O policial reformado Ronnie Lessa e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, réus pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, vão depor nesta sexta-feira (7) pela primeira vez à Justiça. Os dois foram presos em março, depois de um ano de investigações. A Delegacia de Homicídios e o MP-RJ (Ministério Público do Rio) ainda investigam quem foram os mandantes do crime.

Ambos estão presos no Presídio Federal de Mossoró (RN) e irão falar por videoconferência. A audiência está marcada para as 13h30, na 4ª Vara Criminal do Rio, e será fechada ao público, já que o processo corre em segredo de justiça.

Lessa e Élcio Queiroz foram presos no dia 12 de março na Operação Lume, realizada em conjunto pela Polícia Civil com o MP-RJ. Os investigadores afirmam que Lessa foi o autor dos disparos que atingiram as vítimas, enquanto Élcio teria dirigido o veículo Cobalt que perseguiu o carro de Marielle em março de 2018.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*