Advogado que espancou policial e tentou matar homem tem prisão preventiva convertida em domiciliar

O crime ocorreu no dia 10 de fevereiro

O advogado que espancou um policial civil e tentou balear um homem, em Feira de Santana, teve a prisão preventiva convertida para domiciliar, na manhã desta quarta-feira (20).

A informação é do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O crime ocorreu no dia 10 de fevereiro.

O advogado teve o mandado de prisão preventiva cumprido no dia 13 de fevereiro, após se apresentar no Fórum Felinto Bastos. Ele foi ouvido no Complexo Policial de Sobradinho e ficou à disposição da Justiça.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*