Alexandre Frota é expulso do PSL após críticas ao presidente Jair Bolsonaro

A executiva nacional do PSL justificou a saída do deputado afirmando que Frota demonstrou “infidelidade” ao atacar o governo e colegas de bancada nos últimos meses.

Foto: Divulgação / Google Imagens

O deputado Alexandre Frota (SP) foi expulso do PSL após críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), integrante do partido, a quem apoiou durante a campanha eleitoral de 2018. A informação é da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

De acordo com a Folha, a decisão de expulsar Frota foi tomada nesta terça-feira (13), com unanimidade (oito votos a zero), durante reunião da sigla. O presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, era o principal apoiador da expulsão. Ele se engajou em angariar votos a favor da medida.

Em manifestação oficial, a executiva nacional do PSL justificou a saída do deputado afirmando que Frota demonstrou “infidelidade” ao atacar o governo e colegas de bancada nos últimos meses.

Alexandre Frota estava insatisfeito com o veto do Palácio do Planalto a indicações dele para cargos na Agência Nacional de Cinema (Ancine) e a perda de poder do diretório municipal de Cotia, região metropolitana da capital paulista.

19 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*