Amazônia: Mourão diz que ‘foi mais questão de comunicação do que crise mesmo’, sobre reação de queimadas

General Hamilton Mourão (Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (16) o presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse que houve “mais uma questão de comunicação do que uma crise mesmo” fazendo menção à repercussão das constantes queimadas na Amazônia.

Mourão fez a afirmação ao responder, em entrevista à Inter TV Cabugi, durante o encontro que terá com empresários brasileiros e alemães, previsto para ocorrer nesta manhã em Natal. Para ele, seria uma oportunidade de virar a página da crise ambiental gerada pela alta nas queimadas e alertas de desmatamentos na região amazônica durante este ano.

As altas nos indicadores causaram grande reação internacional. A chanceler Angela Merkel foi uma das autoridades à defender que os incêndios na Amazônia fossem debatidos no G7, que ocorreu em agosto. O país europeu também suspendeu o repasse de R$ 155 milhões para o combate ao desmatamento no país.

Houve também boicote de algumas marcas, a exemplo do grupo sueco H&M, segundo maior varejista de moda do mundo, suspendeu a compra de couro brasileiro em resposta às queimadas.

A viagem de Mourão a Natal começou com um café da manhã com a governadora Fátima Bezerra (PT), em que ambos trataram de segurança pública.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*