Aos 36 anos, ex-atacante da dupla BA_VI confirma aposentadoria dos gramados

"Acho que é o momento", afirmou o atleta

Agência Reuters

Com passagens por vários clubes no Brasil, inclusive  Bahia e Vitória , Souza Caveirão não é mais jogador de futebol. A informação foi confirmada pelo jogador em entrevista ao GloboEsporte.com nesta quarta-feira.

“Eu resolvi parar, tenho muito tempo de futebol. Comecei muito cedo no Madureira, com 13 para 14 anos. Estou com 36 agora. Acho que é o momento. Sou realizado com minha carreira”

Sem atuar desde março deste ano, quando defendeu o Madureira no Carioca, Souza deixou claro ainda que não pretende seguir ligado ao mundo da bola como outros jogadores depois que penduram as chuteiras.

“Não pretendo seguir no futebol, não tenho vontade de me tornar treinador. Só como torcedor mesmo. Ainda acompanho os jogos do Flamengo. Vou ao estádio com os filhos. Tenho aproveitado este período em que parei para fazer coisas com a família, aproveitar com eles. Coisas que não conseguia fazer com o futebol. Tenho feito isso ultimamente e ainda vou pensar no que farei daqui para frente”, declarou o atacante.

A carreira de Souza

Revelado no Madureira, Souza ganhou projeção no futebol quando defendeu o Vasco, no início da década passada. As boas atuações lhe abriram portas para o exterior, onde defendeu CSKA Sofia, da Bulgária, e Marítimo, de Portugal. De volta ao Brasil, passou por Goias e Internacional antes de chegar ao Flamengo, clube do coração.

No Rubro-Negro, rapidamente caiu nas graças da torcida pela identificação com a camisa e pelas comemorações provocando os rivais, principalmente o Botafogo, alvo da comemoração do “chororô”.

Passou ainda por Panathinaikos, da Grécia, Corinthians, Bahia, Vitória, Criciúma e Paysandu. Antes de pendurar as chuteiras, retornou ao Madureira, onde tudo começou. Na bagagem, carrega um título de Copa do Brasil e um Campeonato Paulista pelo Timão, três cariocas, um campeonato baiano, um goiano e um gaúcho.

 

Leia também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*