Apenas 68% da cota mensal da vacina BCG chegou a Camaçari em julho, diz Sesau

A situação se deve ao fato de que alguns lotes da vacina aguardam liberação do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde - INCQS.

Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde distribuiu aos estados um quantitativo de apenas 68% da cota mensal da vacina BCG, prevista para o mês de julho. A informação foi divulgada em nota pela Secretaria de Saúde de Camaçari (Sesau), por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde e Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica nesta segunda-feira (22).

De acordo com a Sesau, a situação se deve ao fato de que alguns lotes da vacina aguardam liberação do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde – INCQS. Mensalmente o município de Camaçari solicita à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) cerca de 2.500 doses da vacina BCG. Entretanto, há alguns meses esse quantitativo não vem sendo fornecido em virtude do desabastecimento nacional.

O órgão ainda informa que para o mês de julho foram recebidas apenas 400 doses da vacina BCG e para otimizar as doses, que acabaram de ser recebidas da Sesab, foi adotada a estratégia de distribuição da vacina BCG para dez unidades de saúde listadas abaixo, a partir de hoje.

Não existe previsão de normalização no abastecimento da vacina BCG por parte do Ministério da Saúde e consequentemente pelo órgão estadual.

O soro antirrábico, utilizado na profilaxia da raiva, permanece em desabastecimento nacional em virtude da suspensão da produção por parte do laboratório responsável.

As demais vacinas de rotina que compõem o calendário básico estão disponíveis nas salas de vacina em funcionamento nas unidades de saúde do município.

A vacina BCG encontra-se disponível no Hospital Geral de Camaçari e nas salas de vacina, nas seguintes unidades de saúde:

  • USF Ponto Certo
  • USF Nova Aliança
  • UBS Gravatá
  • UBS Gleba B
  • UBS Camaçari de Dentro
  • USF Parque Das Mangabas
  • UBS Monte Gordo
  • UBS Vila De Abrantes
  • USF Barra Do Pojuca
  • UBS Arembepe

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*