Após anúncio de privatizações, governadores do Nordeste lançam carta de preocupação

Foto: Reprodução (Fernando Vivas / GOVBA)

A notícia do governo federal sobre a privatização de 17 estatais não agradou os governadores do Nordeste. Eles demonstraram preocupação com o anúncio divulgado em carta, após reunião na quarta-feira (21).

A “Carta de Teresina”, como foi batizada, surgiu durante o encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

Segundo o governador da Bahia e presidente do consórcio, Rui Costa (PT), “essa carta resume o posicionamento dos estados do Nordeste. Entre eles, nos preocupa bastante que esse anúncio de privatizações realizado hoje não venha endossado com estudos que demonstram o que será feito de prestação de serviços nessas áreas”, disse Rui em entrevista coletiva.

As críticas mais severas são destinadas a privatização dos Correios e da Eletrobras.

“Sem estudos técnicos aprofundados e a necessária compreensão de todos os impactos, tais vendas poderão trazer consequências negativas para a soberania nacional e um possível retrocesso à integração regional”, afirma trecho da Carta de Teresina.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*