Após dois resultados negativos, setor de serviços da Bahia apresenta crescimento, diz IBGE

Foto: Reprodução

Após dois resultados negativos em maio e junho, o volume do setor de serviços na Bahia cresceu 2,3% em julho, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O desempenho do estado ficou acima da média nacional de 0,8%.

Na comparação com julho de 2018, o volume de serviços na Bahia mostrou o segundo maior recuo do país (-5,0%), acima apenas da queda verificada em Mato Grosso (-5,2%), e um resultado bem pior que o do Brasil como um todo (1,8%).

Por conta desses resultados, o setor de serviços na Bahia teve o ritmo de queda acelerado tanto no acumulado do ano de 2019 (-1,2%) quanto nos 12 meses encerrados em julho (-1,5%). Ambos os resultados continuam aquém da média nacional (0,8% no acumulado em 2019 e 0,9% nos 12 meses encerrados em julho.

Quatro das cinco atividades investigadas pelo IBGE apresentaram queda no mês de julho de 2019, em comparação com o ano passado.

Com queda de -8,6%, o setor de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio deu a principal contribuição para o recuo. Apenas os serviços prestados às famílias tiveram alta no estado (3,5%), mostrando o terceiro resultado positivo consecutivo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*