Após mulher fazer denúncia em rede social, Justiça determina medida protetiva contra ex-namorado

Denúncia foi feita por moradora de Porto Seguro, após ex-namorado tentar invadir casa dela.

A Justiça determinou uma medida protetiva para uma moradora do distrito de Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, no sul do estado, que usou as redes sociais para compartilhar ameaças e perseguição do ex-namorado, após ele tentar invadir a casa onde ela mora com os três filhos.

Conforme informações do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que fez o pedido de medida protetiva, a decisão judicial foi da terça-feira (17). A decisão foi da juíza Maria Helena Lordelo de Salles Ribeiro.

Segundo o G1,  a decisão diz  que , o ex-namorado tem que ficar a 300 metros da vítima e dos filhos, além de estar proibido de entrar em contato com ela por ligações telefônicas e mensagens.

Conforme o MP-BA, além da denúncia de tentativa de invasão, que foi feita pela vítima, o ex-namorado também responde a uma ação penal em Minas Gerais, por homicídio contra uma mulher, o que colaborou para que a promotoria fizesse o pedido de medida protetiva.

O caso foi postado na quarta-feira (11) e teve mais de seis mil compartilhamentos. Maria Carolina Matos de Moura fez um relato no Facebook para explicar aos vizinhos que ouviram a discussão entre ela e o ex-namorado, depois que acordou com ele tentando quebrar a janela de casa.

A publicação acabou tendo mais repercussão do que esperava, até de pessoas desconhecidas. Ela fez novas postagens e também enviou vídeos que mostram o ex-namorado tentando invadir a casa dela.

“Meu nome é Maria Carolina Matos de Moura, (…) moro em Arraial d’Ajuda – Porto Seguro – Bahia estou sendo vítima de perseguição e ameaça por parte de ex namorado (menos de 1 ano de relação), e o mais importante de tudo é: não vou aceitar! Não vou me calar! E se invadir minha casa de novo vou reagir”, disse ela em uma das postagens.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*