Após surto, PM ameaça colegas, faz disparos, mata mulher e morre em Dias D’Ávila

A vítima foi identificada como Cris Câmara e, de acordo com a polícia, ela seria ex-namorada de Leonardo.

Foto: Divulgação

Policiais da 36ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Dias D’Ávila, se assustaram com um fato inusitado na manhã deste sábado (30). De acordo com informações policiais, um soldado de prenome Leonardo teve um surto após assumir o serviço por volta das 8h30. Ele fez vários disparos usando uma submetralhadora e rendeu os policiais que estavam no local, onde ninguém ficou ferido.

Ainda segundo a Polícia, Leonardo fugiu usando seu próprio carro e continuou efetuando vários disparos. Durante o trajeto, o soldado invadiu um salão de beleza, e fez novos disparos, atingindo uma mulher que morreu. A vítima foi identificada como Cris Câmara e, de acordo com a polícia, ela seria ex-namorada de Leonardo.

Guarnições da PM seguiram Leonardo pela cidade e conseguiram localiza-lo já sem vida em uma área de mata, na rotatória da Caraíba, que foi isolada para a remoção do corpo. O carro usado pelo homem também foi encontrado, porém incendiado.

Leonardo estava há 10 na PM. Por meio de nota, a Polícia Militar afirmou estar tomando todas as medidas legais cabíveis junto à Corregedoria da PM. A Polícia Civil investigará o caso.

8 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*