Argentinos convocam protesto contra visita de Bolsonaro

Foto: Reprodução / Google Imagens

Diversos argentinos de organizações sociais, sindicatos e partidos de esquerda convocaram um protesto para a próxima quinta-feira (6) contra a visita do presidente Jair Bolsonaro a Buenos Aires. A expectativa é de que o ato seja realizado na Praça de Maio, no centro da capital do país, onde está localizada a Casa Rosada, sede do governo. Lá, o brasileiro participará de uma reunião com o chefe de Estado da Argentina, Maurício Macri.

Segundo o Terra, sob o slogan “Seu ódio não é bem-vindo aqui”, a manifestação contará com a presença de grupos de direitos humanos e de minorias, como as Mães da Praça de Maio e a Federação Argentina de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trans, além do movimentos La Cámpora e o Movimento Evita, e de sindicatos de trabalhadores, como os que integram a Central de Trabalhadores da Argentina.

Nas redes sociais, os organizadores incentivaram o uso das hashtags #ArgentinaRechazaBolsonaro (Argentina rejeita Bolsonaro, em tradução livre) e #ellosno (eles não) para aumentar a visibilidade do ato.

8 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*