Atacante do São Paulo é punido por dois anos após doping de cocaína

A decisão do tribunal cabe recurso

Em julgamento realizado nesta quinta-feira, em Brasília, o atacante Gonzalo Carneiro, do São Paulo, foi punido com dois anos de gancho pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD).

A suspensão por 24 meses é retroativos à data da coleta, no dia 16 de março, quando o São Paulo enfrentou o Palmeiras no Pacaembu. Ou seja, Carneiro já cumpriu sete meses. O atleta foi flagrado no doping por uso de cocaína.

A decisão do tribunal cabe recurso e a defesa pretende recorrer, segundo o advogado Bichara Neto, também responsável por defender Paolo Guerrero, do Internacional, em caso similar.

– O tribunal entendeu que a utilização da substância não se deu de forma intencional, que o uso foi fora de competição, mas achamos que ainda assim a suspensão foi excessiva e pretendemos recorrer – disse Bichara Neto.

O atacante uruguaio de 24 anos teve como ponto alto no São Paulo o gol de pênalti com cavadinha na semifinal do Paulistão, contra o Palmeiras, na casa do rival. O Tricolor se classificou, mas perdeu a final para o Corinthians.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*