Ataques a mesquitas na Nova Zelândia foram transmitidos pelo Facebook

Foto: MARK BAKER/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O ataque a duas mesquitas na Nova Zelândia na madrugada desta sexta-feira(15), foi transmitido pelo Facebook. Em entrevista ao jornal local NZ Herald, a diretora de política interna do Facebook para a Austrália e a Nova Zelândia, Mia Garlick, afirmou que os vídeos foram retirados do ar.

“A polícia da Nova Zelândia nos alertou sobre o vídeo logo após o início da transmissão e nós rapidamente removemos as contas tanto do Facebook quanto do Instagram do atirador”, afirmou.

Autoridades informaram que entre os detidos sob custódia estão três homens e uma mulher. Um deles, cuja nacionalidade australiana foi confirmada pelo primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, assumiu a autoria dos tiroteios e escreveu um manifesto on-line anti-imigração de 74 páginas no qual explicava as suas motivações. Porém, os detalhes sobre o ataque e as motivações ainda não estão claros.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*