Na noite desta quinta-feira (18), a prefeitura de Simões Filho divulgou algumas fotos que retratam o cenário do bairro CIA 1; a localidade foi a primeira a receber as medidas restritivas, que definem ações de circulação (veículos e pessoas) e fechamento do comércio, na tentativa de banir o avanço do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A ação teve início na presente data.

“Estamos trabalhando para preservar vidas e hoje, no primeiro dia das medidas restritivas do Cia 1, os moradores deram exemplo: as ruas ficaram vazias. Esse é o sentimento e atitude que devemos adotar”, frisa a gestão muncipal.

As medidas seguirão até o dia 22 deste mês. Presentemente, o CIA 1 é a região mais afetada pelo vírus em Simões Filho. Segundo dados do último boletim municipal, divulgado na noite de ontem (17), já são 76 casos confirmados da Covid-19.

Foto: Reprodução / Prefeitura de Simões Filho

Além do CIA 1, as medidas mais severas seguirão por outros 5 bairros do município, que apresentaram os maiores números de casos confirmados da Covid-19. São eles: Vida Nova (de 20/06 a 24/06); Pitanguinha (de 22/06 a 26/06); KM 25 (de 24/06 a 28/06); Centro (de 26/06 a 30/06) e Ponto Parada (de 28/06 a 02/07).

Como funcionam as medidas?

Os comércios formais e informais, devem permanecer fechados e a circulação de veículos e pedestres, sem comprovação de urgência ou trabalho, estão proibidos.

Somente poderão funcionar: farmácias, postos de combustíveis, entrega em domicílio (serviço delivery), serviços de saúde de urgência e emergência e acesso ao Sistema de Transporte Coletivo.

Ainda durante o período de vigência das determinações, a prefeitura garante que realizará barreiras sanitárias para distribuição de máscaras de proteção individual, medição da temperatura corporal, encaminhamento para testagem na unidade de referência, se necessário, desinfecção das vias públicas e ações de enfrentamento ao Aedes Aegypti.

 

 

0 0 voto
Article Rating