Atlético-PR bate o Fluminense e cria vantagem por vaga na final da Sul-Americana

Com a cabeça no lugar, o Rubro-Negro fez o dever de casa

A vitória por 2 a 0 do Atlético-PR sobre o Fluminense, pelo jogo de ida da semifinal da Sul-Americana, na Arena da Baixada, mostrou várias facetas do Furacão. Do Rubro-Negro praticamente arrasador no primeiro tempo, mas que desperdiçou diversas chances e deixou de aplicar um placar elástico, ao time que diminuiu o ritmo na etapa final e viu o adversário crescer. No apito do árbitro, o grito solto da garganta pela vantagem conquistada para a decisão no Maracanã.

Com a cabeça no lugar, o Rubro-Negro fez o dever de casa e reagiu após as derrotas seguidas para Bahia (Sul-Americana) e Internacional (Brasileiro). Mais do que isso, criou mais casca no torneio continental. Se não teve goleada, nem brilho de jogadores referências como Pablo e Raphael Veiga, sobrou disposição do time comandado pelo técnico Tiago Nunes.

Com o 2 a 0 desta quarta-feira, o Atlético-PR pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta. Como o gol fora é critério de desempate na Sul-Americana, o Furacão também se classifica com derrota por dois gols, desde que balance as redes (como 3 a 1 ou 4 a 2 para o Flu).

O jogo de volta da semifinal será no dia 28, uma quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. O classificado enfrenta quem passar de Santa Fe x Junior Barranquilla na decisão da Copa Sul-Americana.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*