Bahia: crianças são hospitalizadas após passarem mal; prefeitura suspeita que água esteja contaminada

Foto: Reprodução / Aratu

Na manhã desta sexta-feira (14) a Prefeitura de São Sebastião do Passé confirmou a informação de que aproximadamente 100 crianças foram hospitalizadas após passarem mal na cidade. A suspeita é de que haja uma contaminação da água na escola onde a maioria das crianças (95 delas) estudam, o Colégio Doutor João Paim.

Algumas amostras da água e do lanche do colégio foram colhidas ontem (13) e encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), na capital baiana; elas passaram por periciada. Não há previsão de quando o resultado será divulgado.

Equipes da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) estão na cidade acompanhando o caso.

As crianças têm entre 11 e 13 anos, e segundo a prefeitura, elas começaram a passar mal na tarde da quarta-feira (12). De modo geral, os sintomas apresentados foram: enjoo, diarreia, vômitos, febre e corpo mole.

As crianças foram atendidas e medicadas no Hospital Municipal Albino Leitão. Na manhã desta sexta-feira, no entanto, outras cinco crianças, de outros colégios particulares, apresentaram os mesmos sintomas. Elas também foram encaminhadas para a mesma unidade hospitalar.

Até por volta das 12h de hoje, oito crianças estavam em hospitais de Salvador e também de Feira de Santana. Ainda de acordo com a prefeitura, as transferências precisaram ser realizadas porque essas crianças tinham problema prévio de saúde, a exemplo de asma.

Por fim, a prefeitura afirmou que é está praticamente descartada a possibilidade de que os sintomas foram provocados pela merenda, tendo em vista que nem todos os estudantes que passaram mal consumiram o lanche distribuído na escola.

Por conta da situação, um gabinete de crise envolvendo membros da prefeitura, a Polícia Civil e a Sesab, foi formado na região.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*