Bebê morre após mãe dar à luz em recepção do HGC; Sesab afirma que o feto já estava morto há 3 dias

Hospital Geral de Camaçari (HGC) / Foto: Reprodução.

Na terça-feira (6) uma gestante deu à luz a uma menina, na recepção do Hospital Geral de Camaçari (HGC), com a ajuda do companheiro. Em um vídeo que circula nas redes sociais, e através de imagens enviadas por leitores do Bahia no Ar, é possível perceber que, no momento do parto, não existiu o auxílio de médicos ou enfermeiros; o bebê acabou morrendo.

Foto: Reprodução

Segundo Ariano de Freitas, pai do bebê, houve demora no atendimento. Ele conta que em poucos minutos que chegou ao hospital a filha nasceu, com vida.

“Eu e minha companheira chegamos, às 6h40, e a menina nasceu logo, com vida sim, ela ficou nos meus braços até às 7h05. Chamei as enfermeiras, elas olhavam e diziam que a médica estava em um parto cesariano. Fiquei quase meia hora segurando meu bebê, que não resistiu. Poderia estar com minha filha viva. Agora é consolar minha esposa”, desabafou.

A equipe do Bahia no Ar esteve no HGC nesta manhã de quarta-feira (7) e conversou com a direção da unidade de saúde, entretanto, eles informaram que a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) iria emitir uma nota sobre o caso.

Em nota, a Sesab afirma que “a paciente chegou ao Hospital Geral de Camaçari em período expulsivo de um feto morto há cerca de 3 dias. Após a ocorrência na recepção a mulher foi prontamente acolhida pela equipe da unidade”, disse o órgão.

A direção do HGC informou apenas que a segue mulher internada na unidade recebendo todo atendimento necessário.

17 Comentário

    • Exatamente eles estão acostumado com isso mesmo fazer isso com as mães fui três vezes quando estava grávida da minha filha só falava que não estava na hora de ter o bebê que era para me aguardar em casa as dores aumentar e aumentar e você nada quando foi o dia que eu não aguentei mais fui para Salvador na maternidade de Albert Sabin e tive minha neném no mesmo dia se eu ficasse esperando por eles poderia acontecer coisa pior mas graças a Deus a gente não esperou isso não

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*