Bolsonaro assina MP que acaba com registro profissional de jornalista, publicitário e outras profissões

Foto: Reprodução / © iStock

A exigência de registro profissional para jornalistas, publicitários, radialistas, químicos, arquivistas e até guardador e lavador de veículos está com os dias contados. O governo aproveitou a Medida Provisória (MP) que cria o programa Verde Amarelo para determinar a mudança.

No caso dos jornalistas, a MP acaba também com a exigência legal de diploma de jornalismo para o exercício de determinadas funções.

A MP assinada por Jair Bolsonaro ainda revoga leis que regulamentam o exercício de profissões como corretor de seguro e guardador e lavador de carros – uma lei criada em 1975 que exigia o registro na Delegacia Regional do Trabalho para guardar e lavar veículos automotores.

24 Comentário

  1. Aí vc é formado em química tem um diploma da área e ainda é preciso pagar um registro de quase 800 conto. Parece até que o diploma não serve de nada, ja que vc é diplomado deveria vim o registro no diploma e não inventarem taxas e mais taxas p gente ter pagar.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*