Bolsonaro cancela ida à missa de Irmã Dulce em Salvador

A ida de Bolsonaro havia sido anunciada pelo porta-voz da Presidência da República em julho.

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) cancelou a participação na comemoração da canonização da Irmã Dulce, marcada para o próximo dia 20, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A informação foi divulgada pela Presidência da República, na tarde desta quarta-feira (09).

A Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência alegou que a desistência ocorreu “em decorrência de ajustes na agenda”. O vice-presidente, Hamilton Mourão, vai participar da cerimônia de canonização presidida pelo papa Francisco no próximo domingo (13), no Vaticano, em Roma.

A ida de Bolsonaro havia sido anunciada pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, no início de julho.

67 Comentário

    • Nice Santos nos garante a palavra que só um um Salvador entre Deus e os homens: Jesus Cristo que morreu na cruz por nossos pecados, e só um intercessor: o Espírito Santo. “Irmã” Dulce, apenas uma pessoa que ajudou muitas pessoas qdo estava viva, agora ela aguarda o julgamento de Deus como todos irão aguardar.

    • Celia Da Silva Paixão tá vendo Por que é que não dá dá para misturar a política com a religião o homem bota a Bíblia na mão desafiar tudo e a todos e a Deus e um bando de besta pensa que ele é o messias agora está dividido por quê 90% De quem votou nele é de outra religião se o pessoal da igreja dele bota pilha é claro é claro que ele vai arrumar uma boa desculpa para não ir se conseguir uma boa desculpa

  1. Afirmativo meu presidente! O senhor agiu com sabedoria a final de contas quem morreu por nois foi Jesus Cristo o Salvador e Hoje vive para todos sempre só os segos que não entendem ou seja continuam cegos e que Deus tenha misericórdia dos cegos

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*