Bolsonaro diz que não vai financiar produções com temas LGBT

"É um dinheiro jogado fora. Não tem cabimento fazer um filme com esse tema", disse o presidente.

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na última quinta-feira (15) que não vai permitir que a Agência Nacional do Cinema (Ancine) libere verbas para algumas produções com temas LGBT que tentaram captar recursos.

As quatro obras citadas pelo presidente participaram de um edital realizado pela Ancine, pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

“Afronte”, “Transversais”, “Religare Queer” e “O sexo reverso” são projetos de séries que foram anunciadas em março como parte de uma seleção preliminar do processo.

“Fomos garimpar na Ancine, filmes que estavam já prontos para ser captado recursos no mercado”, afirmou Bolsonaro em transmissão no Facebook. O edital do qual as produções participavam investiria diretamente nelas.

“É um dinheiro jogado fora. Não tem cabimento fazer um filme com esse tema.”

18 Comentário

  1. Lamentável a humanidade crítica e cruel em que somos melhor que eles.
    Se fazemos pensamentos tão mesquinha, essa pessoa precisa é de oração a repressão é uma agressão cruel.
    Com tanta coisa séria nesse país para se preocupar de verdade.

    NÃO FOI FEITO NA DE IMPORTANTE NESSE GOVERNO QUE NÃO SEJA PARA PREJUDICAR A POPULAÇÃO EM SUA GRANDE MAIORIA.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*