‘Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas’, acusa Trump

Trump e Bolsonaro. (Foto: Reprodução / Alan Santos - Presidência da República 24-9-19)

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos (EUA), utilizou as redes sociais nesta segunda-feira (2) para acusar o Brasil e a Argentina de desvalorizarem “maciçamente” suas moedas; ele também assegurou que vai reinstalar as tarifas de importação sobre o aço e o alumínio dos dois países.

“Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores”, destacou Trump. “Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todo o aço e o alumínio enviados para os EUA a partir desses países”, acrescentou.

Foto: Reprodução / Twitter

Trump também reprovou o Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano.

“O Federal Reserve deveria agir da mesma forma, para que países, que são muitos, não se aproveitem mais nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportarem seus produtos de maneira justa”, analisou.

Ainda durante a manhã de hoje, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que  “se for o caso” ele irá ligar para Trump. Nas palavras do mandatário brasileiro: “Eu tenho um canal aberto com ele”.

Do início de 2019 até a última sexta-feira (29), o dólar subiu 9,43% frente ao real, barateando as exportações brasileiras e aumentando a competitividade dos produtos do país lá fora.

Somente em novembro, a alta foi de 5,73%.

1 Comentário

  1. Concordo plenamente com o presidente norte-americano o povo já não suporta mais que o nosso dinheiro tenha valor menor que o dólar a libra e o euro…temos que mostrar a força brasileira diante do mundo e não sacrificando o povo que mostraremos isso O BRASIL É um dos mais ricos do mundo e como tal deve ser visto e respeitado.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*