O homem que matou o próprio amigo, em Camaçari, confessou para a família da vítima que esfaqueou o rapaz com a faca que estava chupando melancia com os ‘outros colegas’, e alegou que “era ele ou eu”. Segundo o autor do crime, a vítima estaria tendo um caso com sua esposa.

Em áudio enviado pelo acusado para o irmão da vítima, ele diz: “Peço perdão a sua mãe, a sua família. O que eu não quero para sua família, eu também não quero para o que a minha está passando agora. Eu não quero envolver família, mas o ato é que seu irmão veio para cima de mim, ‘brother. Era ele ou eu, irmão[…] Eu queria que você soubesse seu irmão estava pegando minha mulher, mas nem foi por ela. O seu irmão começou a me ameaçar dentro da van”, disse, ressaltando que a faca usada no crime estava com ele, pois estava chupando melancia com os passageiros.

O caso

Na madrugada de segunda-feira (23) o funcionário da empresa Norpack, Rodrigo Souza, foi assassinado a facadas pelo motorista da van, que prestava serviço para empresa.  

Em entrevista EXCLUSIVA ao programa Largando o Doce, na manhã desta terça (24), a irmã de Rodrigo contou ao radialista Roque Santos que a família procurava por ele, que ainda não tinha retornado do trabalho. Os familiares teriam ligado para o assassino, que era seu amigo, e o mesmo teria confessado o crime passional.

A irmã da vitima disse que o suspeito era uma pessoa próxima a família e nunca apresentou nenhum problema com seu irmão. Ainda segundo relatos dos familiares, a van foi encontrada suja de sangue, em um posto de gasolina.

A polícia suspeita que o crime tenha sido cometido dentro do veículo. O suspeito ainda não foi encontrado. O Bahia no Ar está em contato com a Polícia Civil para esclarecimento dos fatos.

 

5 1 voto
Article Rating