Camaçari: Gastos com combustível motivam ações do MP contra presidentes da Câmara Municipal

Os três últimos presidentes da Câmara de Vereadores de Camaçari foram acionados ontem, dia 21, pelo promotor de Justiça Everardo Yunes, por improbidade administrativa

Os três últimos presidentes da Câmara de Vereadores de Camaçari foram acionados ontem, dia 21, pelo promotor de Justiça Everardo Yunes, por improbidade administrativa e quebra dos princípios da administração pública. De acordo com as ações, Teobaldo Ribeiro da Silva Neto, José Marcelino de Jesus Filho e Oziel dos Santos Araújo teriam firmado, nos anos de 2014, 2015, 2017 e 2018, contratos com a empresa Nutricash Serviços LTDA para o fornecimento de tickets de combustível para a Casa Legislativa em valores “excessivos”. A empresa também foi acionada. O prejuízo estimado com gasto de combustível no período é de cerca de R$ 3,5 milhões, informa Yunes.

De acordo com o Ministério Publico, na ação, o promotor registra que a Câmara de Vereadores de Camaçari contava com a mesma frota de 30 veículos locados em todas as três legislaturas. Tomando como base os gastos apurados pelo Tribunal de Contas dos Municípios e a média de consumo de 10 quilômetros por litro, estimada pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) para veículos do padrão usado pela Casa Legislativa, em 2014, os veículos teriam percorrido mais de 188 mil quilômetros por mês; em 2015, cerca de 230 mil quilômetros mensais, e, em 2017 e 2018, mais de 239 mil quilômetros a cada mês desses anos.

Para dar uma dimensão da “irrazoabilidade” dos números, o promotor Everardo Yunes explica que, “levando em conta os valores gatos em apenas um mês do ano de 2018, a distância percorrida seria o equivalente a seis voltas ao mundo”. “Os números são de deixar qualquer cidadão estarrecido”, afirmou o promotor de Justiça, destacando que “a malversação do dinheiro público ocorreu por meio de contratos firmados com a mesma empresa”.

Caso os acusados sejam condenados, eles terão que ressarcir o prejuízo ao erário, perderão seus direitos políticos por um período de três a cinco anos, bem como ficarão proibidos de contratar com o poder público.

10 Comentário

  1. Boa noite, estes políticos não aprende, é um vergonha, um bando de homens pai de família, já passaram por uma esperiencia a pouco tempo,sabem a justiça não deixa barato e mesmo assim eles insistem em fazer errado, depois ficam com a cara de pau tentando se justificarem.

  2. Fico indignado com um dos inúmeros absurdo que vêm acontecendo na gestão do atual prefeito olhem bem ficam dois as vezes três capangas do prefeito em carros de luxo circulando no centro da cidade sempre com S 10 que são substituídas à cada 6 meses são carros que poderiam estar servindo à população eles ficam desfilando e tumultuando ainda mais o trânsito Elinaldo esse mole vai acabar nunca vi uma coisa dessas aqui em outros governos moro à 42 anos em Camaçari

  3. Quero novidades!. É assim em todo o Brasil,situações análogas daso a dificuldade de pijir políticos. Vi essa situação não é um privilégio de um governo específico,é de todos. Nos governos do PT e PC do B ‘leia se: Caetano e Ademar’ a prefeitura de Camaçari mantinha um contrato com uma locadora (comap) com aliguel de 120 carros. (Imaginem quantos milhões do povo camacariense foi desciado pra pagar essa empresa que “dizem ser dw Pelegrino. Não tenho certeza) além desse absurdo havia dezenas de carros de luxo para os vereadores e secretários como ainda tem nos dias de hoje. É isso, pi o povo expulsa a velha política de Camaçari ou permanecerá a política do tudo posso por parte deles em detrimento da população.

  4. Oh, Marcos, leitor que escreveu acima. Acho q vc não entendeu o que foi noticiado. Deixa eu tentar repetir aqui de forma suscita: os três ex presidentes da casa, inclusive 2 do PT, a toda vida usaram bastante e fizeram farra com o dinheiro público. Agora respondendo à sua indagação, Elinaldo não faz farra, até q prove o contrário. Outra, vc não deve ser de CAMAÇARI nem tampouco, presenciado a farra e deslanchou com a coisa pública. O ex prefeito Caetano, hj inelegível até a eternidade de sua vida, andava e anda numa HILLUX mais topada do ano e cheio de capangas e pirus atrás. Assim era a vida dele aqui em CAMAÇARI. Isso prova que de fato vc n viveu e nem vive Emmanuel CAMAÇARI. Elinaldo, merece passar 8 anos e ainda fazer o sucessor, da forma que vem conduzindo e gerindo as contas públicas e transformando essa cidade em canteira de Obras!! Fica a dica.

  5. Em uma empresa privada talvez só os diretores teriam esse privilégio de estar com oma S10 em sua disposição!Qual a necessidade desses funcionários está com carro que deve ter um custo bastante alto para o município eles ficam rodando em círculo no centro da cidade muitas vezes param no meio da praça causando transtorno aos transeuntes E a propósito resido em Camaçari a 42 anos não nasci aqui mas quem nasceu esses funcionários à que me refiro ou os que estão por trás deles? E essa locadora que aí está quanto estaria levando do dinheiro público temos também a carniça da Dzessete que nem ônibus próprio tem como venceu um licitação desse porte se é que houve licitação

  6. O prefeito está fazendo coisas que não são prioridades só provando sua total falta de competência investimentos absurdos em coisas que poderiam ser feitas aos poucos depois que as prioridades fossem assistidads um toque para ele seria consultar a população pois afinal de contas quem sente a dor é quem geme esse verdadeiro canteiro de obras nada mais é para beneficiar os empreiteiros e quem ganha algum também para coloca–los lá onde estão a propósito sou funcionário de uma multinacional 18 anos nunca precisei do dinheiro público para arcar com sustento de minha família muito menos o meu

  7. Poderia ficar mais isso não vai acontecer pois ele não sabe identificar o que é prioridade para população então só lamento e que venha o próximo pra ser novo! prefeito para ficar dois mandatos têm que trabalhar para o povo não para o bolso

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*