Camaçari: mãe simula enforcamento dos filhos para assustar pai das crianças “preciso de ajuda”

Na tarde desta quarta-feira(29), uma mulher de prenome Camila, 26 anos, foi encaminhada pelo Conselho Tutelar em Camaçari, para a 18º Delegacia, após simular o enforcamento dos dois filhos gêmeos, de 1 ano e 6 meses. Em um vídeo gravado pela acusada, as crianças aparecem chorando e com o pescoço enrolado por um fio preto. A mãe encaminhou o vídeo para uma tia, que entrou em contato com o Conselho.

Camila contou que no vídeo as crianças aparecem chorando porque escutaram a voz do pai, que “não é presente”, afirmou. “Coloquei o áudio do pai para eles ouvirem e depois simulei com o fio”, afirmou. Segundo a mesma, ela não iria enforcar os gêmeos, apenas queria dar um susto no pai.

Ainda questionada porque simulou o enforcamento das crianças ela, chorando, afirmou que não se sente bem e que precisa de ajuda. A mesma contou que entrou em contato com o conselho tutelar para que o órgão converse com o pai dos gêmeos para ajudar a cuidar dos bebês para que ela possa descansar. Ao solicitar ajuda do pai dos meninos, ele teria respondido a Camila que “lugar de descansar é na cadeia”.

A acusada está custodiada da 18ª Delegacia Territorial de Camaçari. No momento as crianças estão sob os cuidados da avó paterna e do pai.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*