Camaçari: Marcos Mota não morreu, afirma irmã

O crime aconteceu por volta das 17h30

Foto: Reprodução/Facebook

No final da tarde desta terça-feira (23), o líder político, Marcos Mota dos Santos, de 37 anos, sofreu um atentado em Camaçari.

Segundo informações policiais, o líder político estava dentro de casa, quando foi surpreendido por três homens que efetuaram vários disparos de arma de fogo.

No momento da ação criminosa, Marcos estava com a esposa e os dois filho, de 8 e 10 anos. A vítima tentou correr em direção ao banheiro, mas foi atingida pelos tiros e perdeu muito sangue.

O crime aconteceu por volta das 17h30, na Avenida Industrial, no bairro do Ponto Certo.

Marcos Mota foi socorrido para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), e devido a gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde segue internado.

De acordo com Ivonete Mota, irmã mais velha de Marcos, o mesmo passou por uma cirurgia, e se mantém estável na unidade hospitalar.

“Ele está nas mãos de Deus. O estrago foi grande, mas a gente coloca Deus na frente. Força, fé e coragem. Mas ele está vivo”, afirmou.

“Nós da família não sabemos o motivo. Esse não é o primeiro caso na família”, disse ao lembrar que dois sobrinhos foram mortos em Camaçari há 4 anos, um deles era mototaxista.

A motivação e autoria desta tentativa de homicídio são desconhecidas.

12 Comentário

  1. Sempre tem um demente! Cria juízo!
    Nem deve ser seu nome real, contas fakes criadas pra mandas esse tipo de mensagem, mas quem ta no poder a 15 anos e a violência so cresce?
    Vai trabalhar, seu bandido!

  2. FORÇAS MEU CUNHADO, TE AMOOO, LEMBRE-SE SEMPRE NÃO CAI UMA FOLHA DA ÁRVORE SE DEUS NÃO PERMITIR, ENTÃO….. PREPARE-SE PARA A CONCRETIZAÇÃO DOS PLANOS DE DEUS PARA SUA VIDA, VOCÊ É GUERREIRO, É FORTE E É CORAJOSO, TE ADMIRO E ESTOU COM VOCÊ, ESTAMOS COM VOCÊ E DEUS ESTEVE, ESTÁ E SEMPRE ESTARÁ COM VOCÊ.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*