O adolescente U.C.S., de 17 anos, continua internado no Hospital Geral de Camaçari (HGC), em estado delicado de saúde, após ter sido baleado na cabeça e no ombro por criminosos que, no último sábado (21), foram ao bairro Verde Horizonte, em Camaçari, com a intenção de executar o tio da vítima, Wilde Souza dos Santos, 27 anos, assassinado com diversos tiros na ocasião.

Segundo informações levantadas por policiais da 18ª Delegacia Territorial (DT-Camaçari), o adolescente não era o alvo dos criminosos, mas acabou sendo atingido pelos disparos por estar na companhia de Wilde, vulgo Quinho, em uma casa da Rua Pituba, no momento da execução.

O adolescente se encontra em estado grave, necessitando ser transferido para um hospital na capital baiana, mas as barreiras burocráticas estão dificultando o processo. A família tem feito constantes apelos para que as autoridades se sensibilizem e flexibilizem a transferência o quanto antes.

0 0 voto
Article Rating