Câmara convida Manuela D’Ávila a dar explicações sobre contato com hacker

Em depoimento à PF, o hacker Walter Delgatti Neto disse que a ex-parlamentar foi a intermediária que o colocou em contato com o jornalista Glenn Greenwald.

Foto: Divulgação

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (13) um convite à ex-deputada e ex-candidata à vice-presidente da República na chapa de Fernando Haddad, Manuela D’Ávila, para dar explicações sobre contato com hacker que confessou ter sido responsável pela invasão de celulares de autoridades. As informações são do portal O Globo.

De acordo com a reportagem, em depoimento à Polícia Federal, o hacker Walter Delgatti Neto disse que a ex-parlamentar foi a intermediária que o colocou em contato com o jornalista Glenn Greenwald, do site “The Intercept Brasil”.

O convite não teve resistência para ser aprovado e contou com apoio da oposição, que não vê problema no depoimento de Manuela.

Logo após o depoimento de Delgatti, em julho, Manuela se prontificou a ajudar nas investigações sobre as eventuais invasões em seu perfil do Telegram. Em férias no exterior, Manuela divulgou nota confirmando ter repassado o contato do jornalista e ter autorizado seus advogados a “entregarem cópias das mensagens” a investigadores da PF.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*