Candeias: André Peixoto entrega cargo de secretário de Indústria e Comércio e PSDB fica dividido

O agora ex-secretário revela que a atitude tomada foi mais do que um gesto solidário à vice-prefeita Márcia Gomes

A saída da vice-prefeita de Candeias, Márcia Gomes (PSDB), da base governista, não foi a única baixa sofrida pelo prefeito da cidade, Pitágoras Ibiapina (PP) esta semana. A decisão de substituir a postura de aliado pela de opositor também foi tomada pelo então secretário de Indústria e Comércio, André Peixoto (PSDB), que entregou o cargo de gerente da pasta na segunda-feira (31).

Em conversa com a reportagem do Bahia No Ar, o agora ex-secretário revela que a atitude tomada não foi apenas um gesto solidário à vice-prefeita Márcia Gomes, presidente do PSDB do município. “Enquanto vice-presidente do partido na cidade, não seria coerente continuar no governo. Além disso, o prefeito não permite que o crescimento em potencial desta cidade seja concretizado. Tentávamos exercer nossa autonomia, mas o prefeito não deliberava e tudo ia sendo adiado. Sem falar nos problemas estruturais. Tudo isso inviabilizou minha continuidade na pasta”, conta.

Apesar de o discurso exaltar a fidelidade partidária, a situação está longe de ser uma completa debandada do PSDB da base de apoio à situação. Na Câmara de Vereadores, por exemplo, o vereador Arnaldo, membro do PSDB, é o líder da situação na bancada e assim permanece. No corpo de secretários, também tem Psdbista que permanece de mãos dadas com o prefeito Pitágoras. É o caso do responsável pela pasta da Administração, George Moreira.

Sobre a aparente incongruência, o ex-secretário André Peixoto comenta: “O partido ainda vai se reunir para decidir que postura tomar. Por enquanto, o que posso dizer é que a liderança da legenda está unida e assume-se enquanto oposição na cidade”, declara.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*