Carnaval contará com câmeras de reconhecimento facial e 26 mil policiais

A operação que vai garantir a segurança dos foliões na capital e no interior do estado durante o Carnaval foi apresentada na manhã desta terça-feira (26) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Hotel Fiesta, em Salvador. A Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) integram as ações que foram anunciadas na presença do governador Rui Costa.

“São R$ 46 milhões aplicados na festa este ano, envolvendo infraestrutura, remuneração de pessoal e toda a logística da operação, em Salvador e nas cidades do interior que têm a tradição do Carnaval. O objetivo é repetir ou superar os resultados obtidos na festa do ano passado, que registrou baixos índices de violência nas ruas”, destacou Rui.

O governador também ressaltou o uso da tecnologia na operação. “O aparato tecnológico tem crescido a cada ano no esquema de segurança do Carnaval em Salvador. Câmeras foram instaladas em vários pontos da cidade, inclusive no metrô e nos coletes de policiais. Além disso, drones também serão utilizados. Tudo para termos acesso a detalhes do que está acontecendo nos circuitos e no entorno deles”, explicou.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*