Caso Eva Luana: padrasto acusado é sobrinho da mãe da estudante

Thiago Alves é acusado de cometer diversos tipos de violência contra Eva Luana

Ainda reverbera na mídia, na sociedade e entre as autoridades, o caso Eva Luana, que chocou após a jovem revelar , em suas redes sociais, que teria sofrido violências, de todas as formas, durante quase nove anos, por seu padrasto, Thiago Oliveira Alves.

Até o momento nem Thiago e nenhum membro de sua família teria falado sobre o ocorrido. Nesta sexta-feira (15), o senhor João Antonio Alves, pai do acusado, concedeu uma entrevista exclusiva ao Bahia no Ar.

João afirmou que nada sabia sobre o que estava acontecendo e que os últimos a saberem sempre são os país. “O ultimo a saber é o pai e mãe, não estávamos sabendo de nada disso, fiquei sabendo através de noticiário”, contou. “Eu acho que a gente tem que vê os dois lados, ela fala do lado dela e nós estamos falando do nosso”.

Ele revelou que Luciana, mãe de Eva, é sua irmã, por conseguinte, tia de Thiago. João disse que não tinha mais proximidade com a irmã, pois não concorda com o relacionamento. “Eu me desliguei com a família”, disse.
“Passei uma borracha em cima disso, se a gente for se entrometer é pior ainda”, pontuou.

João Alves, que já morou em Camaçari, reside em São Paulo. Ele disse que ainda não viu o filho, mas que três advogados estão o acompanhando no caso. Ele ainda pediu para que “não julguem nenhum dos dois, pois não se sabe o que tá acontecendo”, finalizou.

257 Comentário

    • MAS O QUER ISSO TEM Á VÊ O QUE ESSE BIXO FEZ COM ESSA JOVEM AINDA CRIANÇA. O QUER TEM Á VÊ SI AGORA VEIO ÁTONA QUE ELE POSSA SER TIO OU NÃO DELA SÓ PIORA Á SITUAÇÃO DELE NÉ PORQUE SI COMO PADRASTO JÁ TAVA FEIO A SITUAÇÃO IMAGINA AGORA COMO TIO

    • O q eu vejo de mais absurdo agora,é o q tá representando esses advogados. Q tipo de profissional defende uma pessoa dessa? E ainda mais sendo logo3! Sinceramente, é bem capaz desses advogados serem piores q o Réu pq ñ tem nenhuma ética.

      • E por acaso o fato dela ter omitido isso, isenta esse demônio do padastro/primo das coisas que ele fez, quando ainda era criança? Alguém para e pensa que talvez ela tenha omitido, justamente para evitar o julgamento em relação a mãe? Exatamente o que você e outros estão a fazer agora? Eu fico cada vez mais indignada, para não dizer irada, com mulheres que não se colocam no lugar de outras e saem apontando o dedo, repetindo o mesma atitude dos machos….PQP!!! MAIS SORORIDADE, POR FAVOR!!!

        • Com tantas coisas que ela falo. Me descupa mais isso seria fichinha…
          O mundo hj gosta e de disfarça mesmo. Gosta de da mídia a coisas ruim mesmo. Tem uma criança chamada Guilherme está doente, em Camaçari e ninguém deu tanta importância como deu a esse caso, que tem coisas que n se encaixa n precisa nem ser leigo pra saber que a mentiras sim. Guilherme luta pela vida. E ninguém fez um movimento de tal importância pra ajudar. Mais quando Me polêmica aí sai do meio né? Que todo mundo se manifesta

  1. Estão sempre procurando meios de culpar a vítima e minimizar a ação do ESTUPRADOR. Ele violentou uma então criança a partir de seus 12 anos, a relação que ele tinha com a tia muda em que esse fato? Essa matéria inclusive presta um desserviço ao caso!

  2. Gente não importa se ele primo e sobrinho das vítimas !!! Isso nao muda o que ele fez!!! A crueldade que foi. Vocês entendem o que são 8 anos ???!! Elas tentarem denunciar e se sentir ainda mais desprotegida pela Lei. Vocês sabem também que muitas se calam com medo dos julgamentos ? De não acreditarem nelas ? O que mais vejo nos comentários é: ah isso ela não diz na mídia. Ahh tem mais história aí … Com isso se subentende que vocês querem justificar o que esse MONSTRO fez. Nada justifica tamanha crueldade.

  3. Agora surge a duvida ele fez ou era um amoroso e por algo lea e a mãe armaram pra ele pq até agora só se ouviu relatos dela mais videos audio ate agora não surgiram ou estou enganado? Pq hj hi as leis estão ferrando os homens em tudo se a mulher de mole e o cara não pegar ela faz um BO de assedio e o cara tem que responder por algo que não fez ou isso não acontece?

  4. Pois é! Eu desde do começo digo isso, caso mais estranho. Uma mulher sofrer tanto tempo e não fazer nada nem pela filha. Deveria achar normal o homem abusar da filha, pois também se relacionou com o próprio sobrinho. Sinceramente não vejo ninguém inocente nessa história. Aguardando os próximos capítulos.

  5. Eståo procurando a todo custo achar uma forma de defender esse monstro, querem justificar as monstruozidades que ele cometeu. Ele poderia ser filho dela, poderia ser pai, que fosse o diabo ele nåo tinha que ter feito isso.

  6. Estou enojada com este caso. Todos fazendo pré julgamento até da vítima a verdadeira vítima a Eva Luana.Daqui ha pouco os juízes em questão estarão inventando o MONSTRO em questão e colocando a culpa numa criança que aos 12 anos fora estuprada sofreu vários abortos e hj tem até quem a julgue cúmplice desse horror. Eu como mãe, avó e mulher estou completamente atônita com tudo o quê li. DEUS SEJA LOUVADO. O quê estiver de errado nesta história com certeza vai aparecer como já está ocorrendo, essa mãe com certeza tem algo a esconder , mas quem somos nós para julgarmos e a Eva li até algumas colocações designando a ela CULPA. OLHA PRA MIM CHEGA. PRA ISSO EXISTE INVESTIGADORES, JUÍZES E ETC CABE A ESTES CUMPRIREM SEU TRABALHO A CONTENTO E RESPONDER ÀS NOSSAS PERGUNTAS COM VERDADES. DEUS É MAIS.CUIDA DE TODOS NÓS SENHOR JESUS CRISTO QUE A COISA TÁ HORRENDA.

  7. Deixem de ser hipócritas! Ficam dizendo que não é pra julgar a mulher por ter se envolvido com o sobrinho mas já estão dando o veredicto de que o cara é culpado! Parem de julgar os dois lados! Ninguém é juíz aqui, ninguém tava lá pra saber o que realmente aconteceu. Tem que esperar averiguarem os fatos! A verdade vai aparecer!

    • Eu sempre desconfiei desta mãe, pois em nenhum momento ela apareceu deixando a filha sozinha nesta história, pouca vergonha com o próprio sobrinho também homem por ai, acredito para não ser julgada e a própria escondeu seu parentesco, lembrando nada justifica os abusos, a mãe também merecia esta pressa pois foi omissa.

  8. Já eu, não desconfio da mãe, principalmente da filha, coitada.
    É fácil atirar a pedra na mãe, mas ninguém a conhece por aqui e nem sabe a quantas anda a sua baixa estima ou condição psicológica quando tudo isso aconteceu.
    Mesmo tendo advogados,sejam adjuntos ou não, será muito difícil que o réu seja absolvido.
    A sociedade é composta de crianças, e mesmo assassinos e traficantes não perdoam um crime como esse.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*