Casos de HIV aumentam entre adolescentes de Lauro de Freitas

aids.jpg

Lauro de Freitas está entre as dez cidades baianas em casos de pessoas diagnosticadas com o vírus HIV. Recentemente um alerta foi dado para o aumento de casos da doença entre adolescentes em nosso município.

 

De acordo com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes (CMDCA), 439 pessoas foram cadastradas com infecções sexualmente transmissíveis no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA/SAE), aproximadamente 52 pessoas morreram vítimas de Aids em Lauro de Freitas nos últimos cinco anos.

Na Bahia, desde o primeiro caso notificado (1984) até novembro de 2016, foram registrados 27.523 casos de Aids. Desses, 17.357 (63%) são do sexo masculino e 10.166 (37%) do sexo feminino. De 2005 a novembro de 2016 na faixa etária de 15 a 24 anos, foram detectados 1.684 casos de Aids, sendo 55,1% em homens e 44,9 % em mulheres. De 2005 até novembro de 2016 foram registrados 6.160 óbitos por Aids, sendo 65,1% em homens e 34,9 % em mulheres.

De 2005 a novembro de 2016 registraram-se 1.684 casos de aids na faixa etária de 15 a 24 anos: 55,1% em homens e 44,9 % em mulheres. De 2005 a 2015, a razão de sexos variou de 0,7 para 2,5 casos em homens para cada caso em mulheres. Categoria de exposição de 2005 a 2016 em homens, a proporção da homossexuais e bissexuais é mais relevante (52,2%); em mulheres é a heterossexual (89,7) .

Para a diretora do Departamento de DSTs, Aids e Hepatites Virais, Adele Benzaken, essa vulnerabilidade da população masculina e jovem pode ser explicada por várias hipóteses. A exemplo do uso pequeno dos preservativos, o fato desse público não frequentar os serviços de saúde e a própria negação de sua condição do soropositivos. A diretora também ressaltou a necessidade de criar formas inovadoras de comunicação com esse público, como a maior interação nas redes sociais.

Atualmente, 366 adultos e duas crianças realizam tratamento contra a síndrome e 14 crianças estão expostas em Lauro de Freitas, que recebem apoio nutricional para que não tenham contato com o leite materno.

Em Lauro de Freitas, os portadores de Aids/HIV e outras IST e Hepatites Virais são atendidos no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e o Serviço de Atendimento Especializado (SAE), situado na Rua Abelardo Andréa, nº 10, Centro.
Dados da pesquisa: Ricardo Vieira

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*