Cerca de 12 mil eleitores podem ter títulos cancelados na Bahia, aponta TRE

Foto: Reprodução

De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), aproximadamente 12 mil eleitores dos municípios de Utinga e Bonito, situados na Chapada Diamantina, podem ter seus respectivos títulos cancelados se não realizarem o recadastramento biométrico no prazo.

Na região de Utinga, 42% dos eleitores precisam regularizar a situação. Em Bonito, o percentual é ainda maior, 55%.

O eleitor que tiver o título cancelado ficará impedido de emitir passaporte, tomar posse em cargo público ou renovar matrícula em instituições de ensino. O prazo para a biometria vai até o dia 18 de fevereiro de 2020.

Os serviços da Justiça Eleitoral podem ser agendados pelo site Agendamento TRE, por telefone (0800 071 6505) ou whatsapp (71 3373-7223).

No momento do recadastramento é necessário apresentar documento oficial de identificação com foto, comprovante de residência atual e o título de eleitor (se o tiver).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*