‘Chega de perseguir’, diz Rui Costa sobre mensagens de Moro para Deltran

Para o governador, é preciso se apurar o caso para o país "saber toda a verdade".

Foto: Divulgação

Após o episódio das mensagens em que mostra o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, instruindo o procurador Deltan Dallagnol na Operação Lava Jato, o governador Rui Costa (PT) se manifestou no seu perfil do Twitter classificando o fato como “muito grave”. “Chega de mentir e perseguir. É preciso retomar a credibilidade em nossas instituições”, disse o petista.

Para Rui Costa, é preciso se apurar o caso para o país “saber toda a verdade”. “O que o site The Intercept divulgou é muito grave. Provoca profunda indignação. É fundamental que todo o conteúdo seja esclarecido. O Brasil precisa saber toda a verdade. Caso contrário o país, continuará sem oferecer segurança jurídica Institucional, credibilidade e confiança. O Brasil precisa recuperar sua imagem no mundo”, declarou Rui.

Moro, que hoje é ministro do governo Jair Bolsonaro (PSL), foi o juiz responsável pela operação em Curitiba. Ele deixou a operação ao aceitar o convite para o cargo, em novembro. Segundo a reportagem, Moro sugeriu ao MPF trocar a ordem de fases da Lava Jato, cobrou a realização de novas operações, deu conselhos e pistas e antecipou ao menos uma decisão judicial. Especialistas em direito dizem que não haveria, a princípio, nenhuma ilegalidade, mas pode ter havido desvio ético.

20 Comentário

  1. Tadinho deve não dormir com medo de ir pra a gaiola também! Tá cm medinho é? Queria saber quando ele irá recuperar a estrada de serra preta e Pará de perseguir os pobres que não pode emplacar suas motos! Que tanto lutaram pra comprar, é ele manda tomar pra fazer leilão pra si beneficiar.enquanto muitas famílias morrendo presisando de regulação 😈😈

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*