‘Com Moro de vice, ganhava no primeiro turno’, dispara ministro-chefe sobre possível reeleição de Bolsonaro em 2022

Foto: Reprodução / Carolina Antunes - PR - Flickr

“Eu falei para o presidente [Bolsonaro] que, se hoje ele fosse tentar a reeleição, com Moro de vice, ganhava no primeiro turno, disparado”. A afirmação foi feita pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, ele acredita que a “pareceria” entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, seria imbatível nas eleições de 2022.

Durante a entrevista concedida ao Estadão, o ministro-chefe não citou o nome do atual vice-presidente, general Hamilton Mourão.

Luiz Eduardo ainda pontuou que “seria importante ele [Bolsonaro] ter, sim, um novo mandato para arrumar a casa. Sinceramente, em quatro anos não dá para consertar tudo”.

Ainda sob avaliação de Ramos, o governo não deve fazer uma reforma ministerial neste ano e, caso decida fazer alguma mudança, está só ocorrerá a partir de março de 2020.

Por fim, o ministro-chefe analisou o comportamento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao utilizar as redes sociais.

“Agora, ele [Weintraub] tem de responder pelo que fala. Eu não posso falar nada. Tenho 72 mil seguidores, mas não ligo para esse bichinho aqui [disse apontando para o celular]. Você tem de tomar cuidado com o que escreve e posta, porque pode cometer um erro grosseiro, ofender pessoas”, destacou.

3 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*