Com salários atrasados, jogadores do Vitória se reune com diretoria

O Leão enfrenta o CRB nesta terça-feira (12)

As vesperas da partida contra o CRB, os jogadores do Vitória se reuniram com a diretoria rubro-negra para tratar de salários atrasados. partida está  marcada para terça-feira, no Barradão, pela 35ª rodada da Série B.

Os atletas rubro-negros cogitaram não concentrar na Toca do Leão, mas a situação foi revertida e o grupo passará a noite desta segunda-feira no centro de treinamento, de acordo com a assessoria de imprensa da equipe. Segundo o Globoesporte, o clube deve dois meses de vencimentos aos jogadores.

Na coletiva de imprensa, o técnico Geninho abordou os problemas que acompanham o atraso de salários.

“Todo mundo sabe que o Vitória está tendo algumas dificuldades nessa reta final. E a gente tem procurado ajudar de todas as maneiras. Ajudando o clube, fazendo o meio-campo entre diretoria e grupo e levando para a diretoria alguns problemas e reivindicações do grupo para que, dentro das condições do Vitória… Não adianta tirar leite de pedra. Não tem, não tem. Mas eu acho que o Vitória tem condições, de repente, de procurar nessa reta final, a partir do momento que garanta permanência… Tudo passa por uma permanência na Série B de começar a traçar dias melhores. É muito ruim. O profissional trabalha e quer receber por aquilo. Hoje, um atraso, não vamos falar de atraso exagerado, faz parte da maioria dos clubes brasileiros. Não é somente o Vitória. Mas a gente, se possível, tem que minimizar o máximo esse problema. Que o atraso não se transforme em um grande atraso, porque o primeiro problema se transforma em grande problema e fica mais difícil de você administrar”, pontuou o treinador.

Na 13ª posição com 41 pontos, o Rubro-Negro pode assegurar a permanência na Série B em caso de triunfo aliado a tropeços de Figueirense e Vila Nova, equipes que estão na zona de rebaixamento.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*