Condenado: STJ nega recurso de Caetano e Petista continua inelegível

A condenação, resultou na anulação de sua diplomação como deputado federal pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Luiz Caetano e sua esposa Ivoneide Souza

Nesta terça-feira (12) a Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou por unanimidade um recurso do ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT).

Após decisão, fica mantida a condenação de Caetano, por improbidade administrativa, em segunda instância, pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A condenação, resultou na anulação de sua diplomação como deputado federal pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa.

Já em setembro de 2018, a ministra Assusete Magalhães, do STJ, havia negado o recurso do ex-prefeito. Recentemente, a bancada do PT tem pleiteado ao governador, a nomeação de Caetano para assumir a Secretaria de Relações Institucionais (Serin).

4 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*