Copa do Nordeste: Bahia e Vitória fazem primeiro clássico de 2019 hoje na Fonte Nova

Mais de 35 ingressos já foram vendidos para o duelo

Este domingo (3), para os amantes do futebol, Salvador acorda com brilho diferente, pois Bahia e Vitória fazem o primeiro clássico Ba-Vi de 2019. O duelo está marcado para acontecer às 17h, na Arena Fonte Nova, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. Enquanto o Tricolor soma quatro pontos em dois duelos e está na terceira colocação do Grupo B da competição, o Rubro-Negro tem apenas dois pontos e é o quinto colocado do Grupo A.

BAHIA

O Esquadrão não sabe o que é perder um clássico há dez jogos. Vivendo situações dentro e fora de campo bem mais tranquilas do que o Leão, o time comandado pelo técnico Enderson Moreira entra mais leve e com a base de 2018.

Embora o torcedor queira muito a entrada de Fernandão na partida, Enderson já adiantou em entrevista coletiva que não adianta o torcedor gritar o nome dele no intervalo, pois F20 ainda não reúne condições físicas de atuar mais do que 20 minutos em alta intensidade. Certo é que o artilheiro do Bahia na temporada com 5 gols, Gilberto, está garantido no time titular. Ele foi relacionado para a partida e ficará no banco de reservas.

As únicas baixas para o Ba-Vi deste domingo são os volante Yuri e Elton, ambos estão no departamento médico se recuperando de suas respectivas lesões.

O técnico Enderson Moreira tem apenas uma dúvida: escalar Shaylon, Rogério ou Élber aberto pelo lado esquerdo. O treinador testou os três jogadores na posição e a tendência é que o meia-atacante Shaylon seja escalado. O restante do time é o mesmo que atuou diante do Santa Cruz na última rodada da Copa do Nordeste.

VITÓRIA

O rebaixamento para a Série B trouxe uma dificuldade financeira imensa para o Leão nesta temporada, além de distanciar o seu torcedor ainda mais do clube. A pressão política pra cima do presidente Ricardo David é contínua, porém, o técnico Marcelo Chamusca garantiu no programa Nação Rubro-Negra, da rádio Itapoan FM, que esse tipo de situação não atinge aos atletas.

Há 10 jogos sem vencer o Bahia, a missão do Vitória é quebrar esse jejum e ganhar moral para o decorrer das competições. Barradão bastante vazio, boa parte da torcida desinteressada pelo seu time e um time dentro de campo que ainda não caiu nas graças da imprensa e dos adeptos rubro-negro. Caso o Leão vença o clássico deste domingo (3), tudo tende a mudar e isso pode fazer com que haja a reaproximação entre clube e torcedor. Esse é o chamado “jogo divisor de águas” para o Vitória.

Marcelo Chamusca não conta com as presenças do goleiro João Gabriel, que se recupera de uma artroscopia no joelho; o lateral-esquerdo Marcelo Benítez, que teve uma lesão grau 2 na coxa e o meia-atacante Luan Silva, que rompeu o ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho e ficará, pelo menos, seis meses fora. Além de não poder escalar também o zagueiro Bruno Bispo, que foi expulso no duelo contra o Moto Club, pela Copa do Nordeste e o lateral-esquerdo Arroyo, que cumpre suspensão por uma expulsão no Campeonato Sub-23 de 2018. Ele pegou três jogos e este será o último.

Em contrapartida, Chamusca tem à sua disposição os laterais Matheus Rocha (direito) e Juninho (esquerdo). Enquando o lateral direito pode fazer a sua estreia como profissional – já que ele estava no sub-20 do Palmeiras e não participou de nenhuma partida no time principal – o lateral-esquerdo, Juninho, ficou bastante tempo parado por conta de uma lesão no púbis, a qual ele teve que ser submetido à uma cirurgia na região.

Caso Marcelo Chamusca não resolva atuar de maneira a tentar anular o Bahia, o time que deve entrar em campo é o mesmo que empatou com o Moto Club, exceto Arroyo, que deve dar lugar a Juninho.

FICHA TÉCNICA:
Bahia x Vitória – Copa do Nordeste 2019 (3ª rodada)

Data: 3 de fevereiro de 2019 (Domingo)
Horário: 17h00 (horário de Salvador)
Local: Arena Fonte Nova
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Lorival Cândido das Flores (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN)

BAHIA: Douglas; Nino, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Flávio e Guilherme; Shaylon (Rogério ou Élber), Artur e Gilberto. Técnico Enderson Moreira

VITÓRIA: Ronaldo; Jeferson, Thales, Edcarlos e Juninho; Wesley, Leandro Vilela e Ruy; Yago, Andrigo e Léo Ceará. Técnico: Marcelo Chamusca

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*