Coronavírus: Neto anuncia pacote socioeconômico que dará auxílio financeiro para mais de 20 mil comerciantes informais

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (30) o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) divulgou algumas medidas que foram adotadas na capital baiana e dizem respeito ao Pacote Socieconômico Para Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19). No total, o auxílio financeiro será destinado a mais de 20 mil comerciantes informais e outros trabalhadores, que estão sofrendo o impacto diretamente na renda mensal em função da crise econômica gerada pela doença.

Ao todo, serão R$ 270 (mensais), valor que equivale a um botijão de gás e duas cestas básicas, no prazo inicial de três meses prorrogável por mais três, caso haja necessidade. Serão R$ 105 milhões distribuidos entre 20.485 trabalhadores da cidade.

Quem são esses trabalhadores?

Cerca de 12 mil ambulantes; 622 guardadores de carro; 1.290 baleiros, 334 recicladores; 400 pessoas que recebem Aluguel Social, 3.639 taxistas /auxiliares e mototaxistas; e 1.554 motoristas de aplicativos, também com idade superior a 60 anos.

Como funcionará o benefício

Todos os profissionais estão cadastrados na Prefeitura de Salvador, conforme salientou o próprio órgão municipal. Com isso, eles serão avisados que possuem o direito ao benefício, e assim, estarão autorizados a realizar o saque no banco.

O calendário de pagamento será divulgado nos próximos dias, assegurou Neto.

Aqueles que desejarem reinvidicar o auxílio, deverão fazer a solicitação junto à respectiva secretaria, comprovando atuação no comércio informal, bem como a veracidade de que não possuem outra fonte de  renda.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*