Costa de Camaçari terá portal de identificação nas divisas com Lauro e Mata de São João

A identificação compõe uma série de ações para divulgação e visibilidade das opções de destino dentro da Costa de Camaçari.

A prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Turismo (Setur) está desenvolvendo, em parceria com a Concessionária Litoral Norte (CLN), o projeto visual para instalação de portais na região da Costa de Camaçari.

O projeto visa a identificação visual do início da faixa do município de Camaçari nos trechos de divisa com Lauro de Freitas e Mata de São João. O secretário de Turismo, Gilvan Souza, se reuniu com a coordenação de comunicação e de engenharia de tráfego da CLN, para discutir as dimensões e requisitos para instalação dos portais, além de solicitar a sinalização turística de praias, templos religiosos, corredores ecológicos e da via de acesso à comunidade quilombola de Cordoaria.

“Sem identificação, o turista chega a nossa Costa e tem a impressão que é uma continuidade da orla de Salvador. A identidade visual nos possibilita vender melhor o destino, atrair novos parceiros e investidores. Estamos trabalhando para ajudar o prefeito a resgatar uma dívida histórica com essa região”, destaca o secretário de Turismo.

A identificação compõe uma série de ações para divulgação e visibilidade das opções de destino dentro da Costa de Camaçari. A preparação desses destinos está sendo elaborada através de um projeto proposto pelo prefeito Elinaldo Araújo, que envolve limpeza e iluminação pública, obras de infraestrutura e mobilidade, capacitação para meios de hospedagem e fomento da economia local, manejo de Áreas de Preservação Ambiental (APAS) – com limpeza de lagoas e proteção de dunas; além de ordenamento e fiscalização.

O layout do portal será definido pela Secretaria de Turismo em conjunto com a CLN – responsável pela faixa de domínio onde as estruturas serão instaladas.

3 Comentário

  1. Muito importante isso isto muito nos interessa vamos ganhar muito com isso sem falar na empresa que vai colocar os funcionários para fazer essa identificação vai ganhar milhões

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*