De olho em 2020, Elinaldo articula grupo visando fortalecer base

Prefeito deverá formar uma aliança para a proporcional com quatro ou cinco partidos. Três ou quatro vereadores deverão sair do DEM.

Apesar de afirmar que está focado apenas na gestão, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araujo (DEM) vem dividindo o seu tempo entre administrar a cidade e articular a base que lhe dará sustentação durante a corrida para a reeleição no pleito do ano que vem.

Segundo informações divulgadas pelo radialista Roque Santos nesta terça-feira, 08, o prefeito deverá formar uma aliança para a proporcional com quatro ou cinco partidos.  Vale ressaltar que a proporcional não terá coligações, isso porém, não significa que o gestor não terá apoio de outros partidos na majoritária.

Atualmente com 16 vereadores em sua base, sendo que seis titulares são do DEM – Jorge Curvelo, Antônio Falcão, Junior Borges,  Flávio Matos, Vaninho da Rádio e Jamelão, além dos suplentes; Fafá de Senhorinho e Rui Magno. Elinaldo também conta com o apoio do ex-vereador João da Galinha e soma um total de nove nomes de peso da sigla. O prefeito deverá distribuir esses parlamentares em dois ou três partidos, ocasionando a saída de alguns do DEM.

Até o momento não se sabe quem vai deixar o DEM, mas é certo que dificilmente vereadores como Jorge Curvelo, atual presidente da Câmara, Junior Borges, vereador licenciado que é está a frente da Secretaria de Habitação ou ainda Flávio Matos, estejam entre os nomes que sairão do partido, devido ao tempo de filiação e a história dentro da sigla.

Vale lembrar que na noite de ontem, 07, todos os democratas citados participaram de uma reunião com o prefeito Elinaldo, o que sugere que na ocasião foi discutido esse futuro alinhamento, além das questões relacionadas as melhorias para a cidade.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*