Defesa solicita novo interrogatório no processo que trata do apoio da Odebrecht no instituto Lula

Os advogados alegam que, com a exoneração de Moro, que interrogou Lula em setembro, é necessário fazer um novo interrogatório e decidir quem vai julgar o caso

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou por meio de recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região que ele seja ouvido novamente no processo que trata do apoio da Odebrecht ao instituto Lula.

Os advogados alegam que, com a exoneração de Moro, que interrogou Lula em setembro, é necessário fazer um novo interrogatório e decidir quem vai julgar o caso.

Até que seja definido um novo titular, a juíza Gabriela Hardt, que ouviu o petista em outra ação nesta semana, substitui Moro.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*