Delegados cogitam demissão coletiva após Bolsonaro tentar intervir na PF do RJ

Os oficiais avaliam que aceitar ingerências de Bolsonaro significará uma ameaça à autonomia da corporação.

Foto: Divulgação

Após a tentativa do presidente Jair Bolsonaro (SPL) de interferir na indicação do Superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, delegados da cúpula da corporação passaram a desconfiar do chefe do Executivo nacional.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha, eles não descartam um pedido de demissão coletiva, caso Bolsonaro insista em intervir na PF. Um dos policiais mais prestigiados na corporação afirmou não se recordar de nada parecido vindo de qualquer outro presidente desde a redemocratização.

Os oficiais avaliam que aceitar ingerências de Bolsonaro significará uma ameaça à autonomia da corporação.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*