Deputada eleita é presa em operação da PF contra desvio no transporte escolar

A deputada eleita foi presa em casa, no bairro Paraviana, área nobre da cidade, e levada à sede da PF

Deputada eleita Ione Pedroso — Foto: Reprodução/Facebook

A operação Zaragata da Polícia Federal prendeu a deputada estadual eleita Ione Pedroso (Solidariedade) nesta sexta-feira (14) em Boa Vista, Roraima, e outras nove pessoas por suspeita de envolvimento em desvio milionário de verbas para transporte escolar.

De acordo com o G1, ao todo, foram expedidos pela 1ª Vara Federal do Estado de Roraima, 10 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. O marido de Ione, o empresário José Wallace Barbosa da Silva, está foragido.

A deputada eleita foi presa em casa, no bairro Paraviana, área nobre da cidade, por volta das 7h (9h de Brasília) e levada à sede da PF. Ela e o marido são suspeitos de envolvimento no esquema. A defesa deles disse que “não tem nada a declarar”.

Ela é a segunda deputada estadual eleita a ser presa pela PF no estado. Há 15 dias Renan Filho (PRB) foi detido pela polícia por desvio no sistema prisional na mesma ação que prendeu Guilherme Campos, filho da governadora Suely Campos (PP), afastada do cargo após o decreto de intervenção federal em Roraima.

Shiská e Martinez já estava presos em razão de outra operação que investigou desvio na merenda escolar. Os mandados contra eles foram cumpridos no Comando de Policiamento da Capital (CPC), onde está o ex-secretário, e na Cadeia Pública, onde está o servidor.

De acordo com a polícia, os envolvidos no esquema de desvio falsificavam documentos de prestação de serviços e licitações. Em só um dos contratos investigados, orçado em R$ 78 milhões, os pagamentos irregulares chegavam a R$ 50 milhões. Os envolvidos são servidores e empresários.

“Em alguns casos, certa empresa era contratada para fazer rotas de transporte já prestadas por outra empresa, a qual efetivamente prestava o serviço. Ou ainda, uma mesma empresa era contratada várias vezes para a mesma rota, recebendo vários pagamentos por uma mesma prestação”, detalhou a PF.

PF cumpre mandados de busca e apreensão em ação de combate a desvio em recursos do transporte escolar — Foto: Divulgação/PF

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*