Deputado protocola projeto batizado de “lei Neymar da Penha”

Foto: Divulgação

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) protocolou nesta última quinta-feira (6), na Câmara dos Deputados, projeto de lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual.

Caso aprovado, pessoas que fizerem acusações mentirosas sobre crime de estupro, por exemplo, poderão ter a pena aumentada em até um terço. O PL está sendo proposto dentro do contexto da suposta agressão sexual que Neymar, jogador do time de futebol francês Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, teria cometido contra a modelo Najila Trindade Mendes Souza.

Em entrevista à reportagem do Estado, Jordy informou que já tinha a intenção de apresentar este projeto, mas seria protocolado depois das pautas econômicas, que são prioridade para a retomada do crescimento e geração de emprego no País. Contudo, o caso envolvendo Neymar levou sua equipe a priorizar este projeto de lei.

7 Comentário

  1. Infelizmente colocamos alguns indivíduos totalmente sem noção do que é legislar, o país está próximo a um colapso e esse deputado pautando coisas que nada tem a ver.
    Vamos olhar a situação do nosso país com mais carinho.
    Pessoas se importando com os problemas de Neymar(se é que ele tem)pois problemas temos nós simples mortais.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*