A oposição ao governo de Rui Costa (PT) conseguiu as 21 assinaturas necessárias para protocolar um pedido de instalar da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Respiradores, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

Caso instalada, a CPI vai investigar o compra frustrada de 300 respiradores, pelo Consórcio Nordeste, no valor de R$ 49 milhões, durante a pandemia da Covid-19, em 2020. Os aparelhos nunca chegaram. Na época, Rui Costa era presidente do consórcio de governadores do Nordeste, e autorizou a aquisição.

O documento foi entregue por oito deputados que lançaram suas assinaturas, na terça-feira (26). Os deputados que pedem pela CPI são: José de Arimateia (Republicanos), Sandro Regis (UB), Paulo Câmara (PSDB), Tiago Correia (PSDB), Talita Oliveira (Republicanos), Soldado Prisco (UB), Luciano Simões Filho (UB), Capitão Alden (PL), Laerte do Vando (PSC), Robinho (UB), Tom Araújo (UB), Katia Oliveira (UB), David Rios (UB), Pedro Tavares (UB), Carlos Ubaldino (PDT), Mirela Macedo (UB), Marcelinho Veiga (UB), Adalberto Rosa (UB), Jurailton Santos (Republicanos), Samuel Júnior (Republicanos), Alan Sanches (UB).

0 0 votos
Article Rating