A pressão no Corinthians para a confirmação do título Brasileiro aumentou nas últimas rodadas, principalmente por conta de queda de rendimento da equipe, e como consequência, os concorrentes se aproximaram. Mesmo com números abaixo do esperado no segundo turno, o cargo do treinador Fábio Carille não está ameaçado, mesmo que o time deixe escapar a conquista do Nacional.

Segundo o diretor de Futebol do Corinthians, Fábio Adauto, a situação de Carille está definida. “Decidimos renovar no Paulistão. No começo do Brasileirão, falamos de novo e depois conseguimos que ele topasse. Carille nos disse: façam o contrato, coloquem os valores, que eu assino. Esse despreendimento vem com competência. Não vamos julgar o trabalho se foi campeão ou não. Temos um projeto a médio e longo prazo”, disse.

Depois de um primeiro tempo arrasador, onde somou 47 pontos, sendo o líder disparado, abrindo oito pontos de diferença, e invicto, a equipe caiu no segundo turno, somando apenas 12 pontos, perdendo seis jogos em 12 disputados, com isso o time soma 59 pontos, e a distância para o segundo colocado agora é de apenas cinco pontos.

0 0 voto
Article Rating