Dois mestres de capoeira são presos suspeitos de estuprar alunos com idades entre 10 e 20 anos na Bahia

Uma das vítimas contou ter sofrido abuso sexual ao pai, que procurou a polícia para registrar a queixa.

Dois mestres de capoeira foram presos suspeitos de abusar sexualmente de pelo menos dez alunos, com idades entre 10 e 20 anos, no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste do estado.

A dupla, que não teve as identidades reveladas, foi detida na terça-feira, 08 e apresentada nesta quarta. Os dois ensinavam em um projeto social. De acordo com informações do G1, no local onde eram oferecidas as aulas que os suspeitos aliciavam as crianças e adolescentes.

De acordo com a polícia, os dois enganavam as vítimas e as levavam para a casa de amigos e hotéis, onde cometiam os abusos e estupros. Depois do crime, as crianças e adolescentes eram ameaçados para que não contassem à família.

Uma das vítimas contou ter sofrido abuso sexual ao pai, que procurou a polícia para registrar a queixa. A partir daí, as investigações começaram e os dois suspeitos foram presos.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*